Tam Fidelidade muda regras e acreditem, pra melhor!

A TAM (futura Latam) apresentou uma série de mudanças no seu programa de fidelidade a partir de Abril de 2016. As mudanças foram grandes mas vou tentar resumir aqui as mudanças mais importantes:

  1. Agora você ganha pontos de acordo com o valor pago na passagem (em vôos nacionais). A cada 1 real você ganha 2 pontos na tarifa básica ou 3 nas outras. Existe um mínimo de 500 pontos ganhos por vôo. (para clientes azul/vermelho/plus e black)
  2. Em vôos internacionais você vai passar a ganhar as milhas percorridas, clientes azul/vermelho/plus/black ganharão no mínimo 5 mil milhas por trecho.
  3. Agora você precisa de apenas 10 mil pontos (era 15 mil) para virar Azul e de 40 mil para virar vermelho (era 50 mil)
  4. Além disso você pode ter upgrade de categoria no programa de acordo com o número de trechos voados, a TAM vai considerar conexões nesses trechos voados. Hoje se você voar de JPA para POA com conexão em BSB eles consideram isso como um trecho, a partir de Abril serão 2. Ou seja, com 10 vôos você já vira Azul
  5. O período de acúmulo passa a ser de Jan a Dez do ano, e não mais os 12 meses anteriores.
  6. O bônus para categoria fidelidade vermelho será de 100% (atualmente é 75%) e vai se equiparar com o plus e o black
  7. É interessante notar que qualquer tarifa para o exterior acumula no mínimo 100% das milhas voadas, o que é uma ENORME vantagem, já que as empresas da One World estão limitando o acúmulo de milhas em tarifas mais baratas.

Você pode conferir todas as mudanças clicando aqui. Não ficou muito claro pra mim como ficarão os acúmulos em vôos operados por empresas parceiras da One World.

Ao meu ver as mudanças foram MUITO boas, eu sempre viajo com a TAM de ponta a ponta do país com muitas conexões e sempre reclamei dessa história de ganhar apenas 500 pontos. O upgrade para o cartão vermelho ficou bem mais fácil, com 40 vôos você já consegue os benefícios.

Vale lembrar que os valores acima se referem ao Brasil, o fidelidade adotou uma tabela específica de acordo com o seu país de residência. Se você estiver na Colômbia por exemplo, vai precisar de apenas 38 mil pontos para virar vermelho.

As mudanças começar a vigorar a partir de Abril de 2016.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *