Voo South African São Paulo – Joanesburgo em Classe Executiva (14º Trip Report)

A South African voa de São Paulo para Joanesburgo com o A330 com a nova configuração 1-2-1 na executiva, mas como eu aprendi tanto na ida quanto na volta isso muda muito.

Um dia antes do nosso voo descobri que ao invés dos novos A330 com a classe executiva nova modelo espinha de peixe a gente voaria em um A340-300 com a configuração antiga 2-2-2.


  • Sala VIP Mastercard Black Guarulhos
  • Voo South African São Paulo – Joanesburgo em Classe Executiva
  • Sala VIP South African Domestic Premium Class Lounge
  • Voo South African Joanesburgo – Cidade do Cabo em Classe Executiva
  • Hotel Hilton Cape Town City Center
  • Hotel Lavander Farm Guest House
  • Hotel Conrad Pezula
  • Hotel Radisson Blu Port Elizabeth
  • Sala VIP Bidvest Port Elizabeth
  • Voo British Airways Port Elizabeth – Joanesburgo em Classe Econômica
  • Sala VIP Shongololo Joanesburgo
  • Voo Air Seychelles Joanesburgo – Mahe em Classe Economica
  • Hotel Marie Laure Suites Mahe
  • Hotel Hilton Seychelles Labriz Resort & Spa
  • Voo Air Seychelles Mahe – Ilhas Maurício em Classe Econômica
  • Hotel Outrigger Mauritius Beach Resort
  • Sala VIP Salon Nenuphar
  • Sala VIP Amedee Maingard Lounge
  • Voo South African Ilhas Maurício – Joanesburgo em Classe Executiva
  • Hotel Intercontinental Joanesburgo O.R. Tambo Airport
  • Voo South African Joanesburgo – São Paulo em Classe Executiva

Empresa: South African
Vôo: SA223
Equipamento: Airbus A330
Assento: 16A
Saída: 19:00 – Chegada: 07:25(+1)

Confesso que fiquei bem decepcionado já que esperava fazer um review da nova classe executiva que ainda não tem muitos relatos na internet. Mas no final das contas consegui voar no A330-300 novo no trecho de Mauritius para Joanesburgo, porque? Adivinhem! Mudaram a aeronave de última hora. Esse relato você confere nas próximas semanas aqui.

Esperamos cerca de 5 minutos na fila prioritária para o check-in e a atendente perguntou sobre a vacina contra febre amarela, se não tiver não viaja.

IMG_0337

Depois de ficar algum tempo na sala vip fomos direto para o embarque, o A340-300 é um avião enorme e já estava no portão quando chegamos.

IMG_0361

Decidimos por sentar na segunda seção da classe executiva, que conta com apenas 2 fileiras (fileiras 15 e 16). Achei essa escolha acertada tanto pela rapidez no serviço quanto pelo fato da cabine ser bem reduzida e mais calma.

IMG_0365IMG_0364IMG_0362IMG_0375IMG_0367

Como vocês podem perceber os assentos não são dos mais novos. A configuração 2-2-2 não chegou a me atrapalhar porque estava viajando acompanhado.

IMG_0369

A cadeira reclina quase 180 graus mas isso não garante o conforto na hora de dormir, o encosto para os pés fica caindo e atrapalha um pouco. A salvação é usar o cobertor que eles dão para forrar a poltrona e com isso ficar um pouco mais confortável.

IMG_0372

O fone era noise cancelling de boa qualidade e na poltrona também estavam acomodados o travesseiro, que achei de bom tamanho e o amenity kit, que era bem básico.

IMG_0384IMG_0377

IMG_0368

Os controles do assento permitiam uma infinidade de configurações, tirando a configuração cama achei as outras opções bem satisfatórias. A cadeira também tem uma função de massagem, que apesar de ser bem fraca é boa.

Esqueci de tirar foto do welcome drink, mas foi oferecido suco de laranja ou champagne ainda no embarque.

Ainda em solo foi distribuída a carta de vinho, em nenhum dos voos que peguei com a South African eles entregaram cardápio, nesse voo de ida a comissária falou as opções através do alto falante. Nunca vi nada parecido, achei uma palhaçada, custava imprimir um cardápio?

IMG_0392IMG_0393

IMG_0391

O monitor individual saia do console central e tinha um tamanho pequeno, além de baixa qualidade de imagem. O sistema era bem lento e podia ser acionado pelo controle ou pelo touch.

IMG_0376

Uma luz de leitura individual estava disponível para cada passageiro no console central do assento.

IMG_0378

A decolagem ocorreu sem atrasos e cerca de 30 minutos depois foi iniciado o serviço de bordo. Confesso que não lembro das outras opções, já que a comissária anunciou pelo alto falante.

O serviço teve inicio com um trio de canapés que estava muito gostoso.

IMG_0394

Depois foi oferecida uma sopa que também estava saborosa.

IMG_0397

De prato principal escolhi o filé, que foi um dos melhores que já comi em voo, só perde pro da American Airlines.

IMG_0398

De sobremesa optei por um cheesecake que apesar de enjoativo estava bom.

IMG_0399

Achei o serviço meio lento, mesmo a gente tendo 2 aeromoças exclusivas para a segunda seção da executiva. Depois do jantar deitei a cama e fui tentar dormir um pouco.

Consegui algumas horas de sono, mas reclamei algumas vezes do calor da cabina, custa deixar ela um pouco mais fria? Acordei suado.

Logo que acordei foi oferecido o café da manhã, eram duas opções (não lembro da outra) e escolhi o omelete com batatas e bacon. Lembro que o tomate estava muito bom, mas o omelete tava meio sem gosto. O prato vazio ali é pro pão, mas eles serviram bem depois, quase depois de ter acabado de comer.

IMG_0402

Depois do café iniciamos nosso processo de aproximação em Joanesburgo e pousamos no horário.

O serviço da South African foi OK, a aeromoça atendeu todas as solicitações e prestou seu trabalho de forma satisfatória, mas não teve nada demais. O ponto positivo foi a qualidade do jantar, bem melhor do que eu esperava.

Os assentos precisam de um update urgente, mas o que comprometeu mesmo o sono foi o calor que tava fazendo na aeronave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *